Páginas

quarta-feira, 6 de julho de 2016

Festa Junina

Festa junina, a história

Festa-Junina-barraca
Festas Juninas não gostava muito de participar delas talvez por ser meio tímido na época e festas assim sempre deixava a rua cheia de gente vindas de diversos cantos do bairro, então gostava de ir, mas não para dançar quadrilha ou me envolver nas brincadeiras que acontecem nelas e ser visto por todos me deixaria ainda mais envergonhado, na verdade o que eu mais gostava em festa Junina era de comer os deliciosos doces e salgadinhos, porém tudo isso foi até que.
Festa-Junina-surpresa
Até que a minha vovó com suas mãos carinhosas e habilidosas resolveu numa surpresa fazer uma roupa de festa Junina que todos em casa comentaram que seria o caipira mais bonito do Arraia dar Diurna (nome da festa) e isso já estava começando a me agradar, afinal quem não quer ser o mais bonito de uma festa? O meu pai assim que chegou do trabalho me viu com a roupa de festa Junina com todos a minha volta vibrando de alegria ficou meio desconfiado se eu usaria mesmo a roupa por saber da minha meia timidez, mas gostou da ideia e concordou com a mulherada de casa. 
Festa-Junina-arrumação
Antes da festa realmente começar fui ver e ajudar participando das arrumações nas barraquinhas , bandeirinhas e de vez em quando dar umas beliscadinhas nos quitutes deliciosos que chegavam aos montes para minha satisfação, acredito que na verdade era uma maneira de saber se eu teria mesmo coragem em usar a roupa que a minha vovó tinha feito com tanto carinho e perfeição, confesso que me dava aquele friozinho na barriga cada vez que a hora avançava e o começo da festa Junina estava cada vez mais próxima.
Festa-Junina-começando
A minha ansiedade foi tanta que eu cheguei na festa Junina muito cedo só com alguns colegas e outros nem conhecia por serem de ruas mais distantes que a minha, mas o importante que eu já estava lá e vestido de acordo como manda o figurino, os poucos colegas presentes faziam coisas me deixando mais a vontade, com isso meu nervosismo estava passando aponto de eu começar a receber as pessoas na festa mesmo as que não conhecia e foi justamente numa dessas pessoas que apareceu um colega mais velho (22 anos) com sua linda noiva que me despertou interesse com meus 17 anos de idade tal a sua beleza e acredito que nela também provocando desconfiança no seu noivo, mas.
Festa-Junina-cheia
Mas a verdade que em pouco tempo a festa Junina estava lotada num sucesso total e eu cada vez mais animado esquecendo até que um dia fui meio tímido, já participava das brincadeiras com desenvoltura sem me importar se tinha alguém vendo, cheguei a ganhar corrida de saco valendo brindes (bola de futebol), de repente um imprevisto na dança de quadrilha, o casal de noivos que vinha de outra rua não compareceu o que fez a organizadora da festa procurar outro par e adivinhem qual foi o casal escolhido? Sim, isso mesmo, eu a noiva daquele colega que a partir daquela festa casei 3 vezes com ela e.

Beijos
Contos do Guri


Nenhum comentário:

Postar um comentário